Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Loucura....

Domingo, 23.09.12

Hoje percebi que não me posso apaixonar por ti!

Hoje percebi que não posso continuar contigo no pensamento!

Hoje decidi que acabou!!

 

Esta mensagem é para ti, tu que me lês todos os dias, que me tentas conhecer aos poucos e que me ganhas aos poucos, nos abraços e nos beijos que nos afastam dos outros, esquecendo-os, por breves momentos, mas ao abrirmos os olhos, lá estão eles a olhar-nos, fixamente, como as fotografias, sem pestanejar, sem respirar, atentos, á espera que falhemos.

Quero dizer-te que afinal foi apenas um feitiço, provavelmente nem é assim tão noçivo, provavelmente sou eu que não estou habituada a ser bem tratada, aproveitas-te essa minha fraqueza e envolveste-me nesses teu braços fortes, nesses teus beijos toxicos, nesse teu toque que me arrepia a alma fraca de amor.

Não me queiras, não peças o melhor de mim, deixa-me ir, deixa-me fugir desse fogo que me aquece, porque não me podes dar o que mereço, e mereço tanto que talvez nem sei se mereço, apenas penso que alguém me pode dar.

Preciso dizer-te que as lágrimas que me correm pela face não são de sofrimento, não posso chorar por ti, não posso gostar mais de ti do que de mim, até porque tu nunca chorarias, até porque os homens não choram.

Não venhas atras de mim, mesmo que espere por ti até ao último dia até aceitar que afinal não vens, não venhas, não corras atrás de alguém que acreditas que te poderia fazer feliz, ninguém faz isso, ninguém corre atrás da felicidade, mesmo que um dia destes me tivesses confessado tal mentira.

Hoje percebi que não vale apena sonhar contigo, percebi que o teu mundo não quer fazer parte do meu, não estamos destinados, hoje percebi que não tinhamos que nos conhecer, não encontro uma razão para ter que passar por isto, e mesmo se mais tarde encontrar o motivo pelo qual tive que te conhecer e perder, não me vai tornar uma pessoa mais forte, não vou aprender com esta perda, concerteza vou perceber que esta será a última vez que tive a possibilidade de ser feliz, não vou querer saber isto, não quero saber.

 

Hoje acabou porque hoje deixei de sonhar com a possibilidade de ser profundamente feliz contigo.

Hoje acabou porque já não voltas...percebi que eu vivo e tu não.

 

"O amor é a única loucura de um sábio e a única sabedoria de um tolo." William Shakespeare

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 01:08

Até ao Último Dia...

Terça-feira, 24.04.12

Todos queremos ir para o céu, mas ninguém quer morrer.

Uns acreditam que esta vida é uma passagem, outros validam esta vida como a única.

Quando somos jovens acreditamos que somos imortais, não temos consciência que um dia iremos morrer apenas que temos ainda tanta vida para viver.

Depois de uma certa idade percebemos que já não temos assim tanto tempo, para mim esse dia chegou quando tive a minha filha e agravou-se quando o meu filho nasceu. O tempo corre, e as décadas passam num abrir e fechar de olhos e ainda temos tanto para fazer.

Temos tudo tão garantido, o dia nasce sem esforço, respiramos sem esforço, pestanejamos sem esforço, e a vida corre, e não damos valor ás pequenas coisas, aos pequenos gestos, aos afectos, aos amores, ao cuidar de alguém, ao dizer que amamos alguém todos os dias.

Se tivessem apenas 24h para viver, como gostariam de passá-las? O que diriam as pessoas, de que forma demostrariam, a que sitios gostariam de ir?

Se hoje o dia continua a ter 24h e se o tempo corre tão depressa, teriam noção do esforço que teriam fisica e emocionalmente para  filtrar o essencial, o importante, para conseguirem transmitir tudo ás pessoas no último dia da vossa vida?

 

Porque é que não o fazemos, porque não transmitimos todos os dias o que nos vai no coração ás pessoas mais importantes da nossa vida mesmo sabendo que amanhã o dia continua a nascer, continuamos a pestanejar, a respirar, a rir....porque temos o outro dia, e o outro dia e ainda mais o outro, adiamos, esquecemo-nos que vamos morrer.

 

A palavra "Amo-te" é importante para quem cá fica. Pelo menos deixámos uma palavra, um abraço para reconfortar, para recordar.

 

A vida é tão curta, temos tão pouco tempo que todos os beijos, abraços, cheiros e palavras são poucos, quando já cá não estivermos.

 

Feliz o homem que no final da vida não tem senão o que deu aos outros.
(Armando Fuentes Aguirre)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 00:50





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


CONSULTAS DE TAROT

O Tarot é apenas uma ferramenta que nos ajuda nas diversas áreas da nossa vida. Poderá fazer uma pergunta grátis enviando o seu primeiro e ultimo nome e a data de nascimento através do mail mafavisi@sapo.pt