Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Confiar...

Sábado, 28.04.12

Hoje somos todos pessoas muito sozinhas, solitárias, não contamos as nossas tristezas a ninguém.

Hoje é muito dificil confiar em alguém, por inúmeras razões, mas a principal, a meu ver é porque não queremos ser magoados.

Hoje as pessoas têm medo da paixão, da amizade, de olhar nos olhos, de dizer que gostam de nós.

Confiar dá trabalho, as pessoas desistem umas da outras muito facilmente.

 

Quando alguém abre o coração, e o coloca nas mãos do outro, permite que esse outro o "tome" como seu, que o trate como fosse o seu. Os corações por fora são fortes, brilham, contêm o melhor de alguém, por dentro são iguais ao teu, sim...frágil, doce, cheio de amor para dar, sem medo, sem restrições.

 

A partir de uma certa idade temos receio em confiar, de acreditar nas palavras, então vivemos apenas o que queremos, confiamos até onde queremos, por vezes é injusto para alguns, podemos perder oportunidades, perder amores duradouros, para outros, não esperam nada de ninguém mas também nada dão.

 

Tenho alguma dificuldade em confiar nas pessoas que demonstram que também não confiam em si próprios. Tenho dificuldade em acreditar em pessoas que têm medo do amor. Tenho dificuldade em confiar em pessoas que não querem amar a sério. Tenho dificuldade em confiar em pessoas que querem a vida pela metade, que têm muito que fazer, que dizem que não têm tempo.

Tenho uma imensa dificuldade em acreditar em pessoas que me põem á espera...

 

 

"Assim que você confiar em si mesmo, você saberá como viver."
(Goethe)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 19:30


1 comentário

De Planeta XXI a 29.04.2012 às 16:50

No meu caso pessoal, não gosto de contar as minhas desventuras, não porque tenha medo que me magoem, porque isso já é um dado adquirido, mas porque quero aparentar força e não fraqueza. Certo ou não, é assim que eu sou.
Agora, uma coisa é certa: de facto hoje as pessoas têm pavor de se darem umas às outras, e à primeira contrariedade põe-se logo a andar. Contudo, essas pessoas acabam por viver uma vida superficial, oca, fria. É mau estar em sofrimento, mas mesmo assim, acho que se deve sempre arriscar; se doer, cura-se ou tenta-se curar e acabou-se. Agora viver num universo paralelo à perspetiva do amor versus sofrimento, é que não.
“Tenho uma imensa dificuldade em acreditar em pessoas que me põem á espera...” de facto é melhor não confiar mesmo, porque dali não sai nada; apenas vazio.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


CONSULTAS DE TAROT

O Tarot é apenas uma ferramenta que nos ajuda nas diversas áreas da nossa vida. Poderá fazer uma pergunta grátis enviando o seu primeiro e ultimo nome e a data de nascimento através do mail mafavisi@sapo.pt