Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Perto do coração...

Terça-feira, 02.07.13

Sou amiga de algumas pessoas que resolveram trabalhar fora do país. Conheci outras, hà pouco tempo que, neste altura, vivem longe de Portugal. Muito longe. Vivem uma tristeza, vivem com Portugal perto do coração.

As palavras são muito importantes, quer na escrita quer na maneira como falamos. Quem está longe utiliza palavras como saudade, amar, longe, trabalho, cheiro, aroma, mar, fé. Todas mexem com os sentidos, com o sentir. Sentir longe de tudo, querendo estar perto, só sentindo.

Todas esperam regressar, todas querem regressar. Não sabem quando. 

Procuramos o sentir quando estamos sós, agarramo-nos a nós mesmos para encontrarmos a força interior, aprendemos a lidar com o nosso interior para sobreviver, sobreviver com uma dor no coração não é nada fácil. Mas lá longe, damos mais valor ao país onde nascemos, a tudo o que nele existe, mesmo que não seja assim tão bom. Fazemos isso através das palavras, essas sim, definem quem nós somos, e quem está lá longe, sem perceber, quase inconscientemente, muda de palavras, muda no fundo do seu ser, e começa a ser, outra pessoa que sente sem pensar. 

Longe, sentem falta das pessoas que cá deixaram, as pessoas sentem falta de pessoas. Com todos os defeitos, virtudes, teimosias. Quando estão longe isso não interessa nada. As pessoas são realmente importantes. 

Longe ou perto, precisamos uns dos outros, sempre.

 

"Não é a distância que mede o afastamento"

Antoine de Saint-Exupéry 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 10:31

Elogio ao Amor....

Terça-feira, 04.09.12

Há pouco tempo tive a oportunidade de falar por breves momentos com a mulher do Miguel Esteves Cardoso, uma rapariga simples, sensivel e a passar por um momento dificil...o cancro.

Não sendo a primeira vez que nos encontrámos, também por breves momentos, voltei a perguntar como se encontrava ao que me respondeu, super feliz, que tinha acabado de vir do hospital e que estava tudo a melhorar, fiquei feliz por ela, por eles.

 

O que se passou a seguir comoveu-me, não só pela sinceridade como pela calma como falou sobre o amor.

Perguntei: "É mais fácil passar por isto com um homem que nos ama, não é?"

Respondeu: É, sem isso era muito mais dificil"

 

Falámos ainda mais um minutos e no fim ela disse-me: "Vai chegar a sua vez, eu sei, eu adivinho sempre!"

 

Também tive a oportunidade de falar com ambos e existe uma magia entre estes dois seres, é no sofrimento, na dor e nas situações dificeis que ficamos a saber quem nos ama, e quem são as pessoas que estão ao nosso lado.

 

Existe um poema escrito pelo Miguel que aconselho a todos ler chama-se "Elogio ao Amor", é sobre a maneira como as pessoas amam hoje em dia. Está Lá tudo!

Conheço algumas pessoas que não aguentaram e deixaram os seus companheiros sozinhos a sofrer, conheço outros que mesmo separados ou divorciados estiveram lá, ao lado da mulher com quem passaram alguns anos em comum.

  

Dizem que o que move o mundo é o dinheiro mas não é...o que move o mundo é o Amor, somos todos emoções.

Esta mulher frágil tem um Amor para a vida, quem não vai embora numa situação destas...não vai embora por mais nada.

 

É necessário deixarmo-nos de futilidades, zangas e parvoíces, é necessário saber até que ponto amamos alguém para não perdermos tempo, porque podemos perde-lo(a) a qualquer momento, claro que nem sempre é um mar de rosas, mas enquanto estamos...tem ser para valer, á séria.

 É necessário abraçar alguém, esperar...sentir...e saber lá fundo de ti que é com essa pessoa que queres estar e lutar enquanto "sentires"!

  

Já abraças-te alguém hoje? E o que sentis-te?

 

 "Gosto dessa definição: Abraço é o encontro de dois corações."

Cazuza

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 17:24

Somos como as Nuvens....

Sábado, 07.01.12

Quando começa um novo ano, pensamos no que vai acontecer, o que nos vão trazer estes meses que agora começam.

Este é um ano de Sentir, Esperar, Ouvir, e a seguir decidir qual vai ser o nosso caminho. Há alguns anos para cá decidi deixar a vida tomar as decisões por mim, vou vivendo e esperando que os acontecimentos tomem os contornos que quiserem, bons ou maus, e na hora de decidir...decido. O ano que passou foi um bom ano, de transformação interior, descoberta de sentimentos, descoberta de capacidades, descoberta dos outros.

 

Precisamos do sofrimento para crescer, para nos conhecermos e fazer perguntas. Entrar em contacto com o nosso interior e provocar tsunamis profundos. Não é fácil mudar, não lido muito bem com a mudança, sou um ser que na maior parte das vezes gosta da rotina, do confortável que é saber com o que se conta, mas as mudanças são inevitáveis, necessárias, mesmo que nos abatam interiormente. Foi o que me aconteceu. E no fim...bem, no fim foi muito bom. Era a mudança que eu precisava, e o mais engraçado é que conheço muitas pessoas que passaram pelo mesmo, que se conheceram descobrindo o melhor e o pior que habita dentro deles.

 

Por vezes é necessário que os outros nos abanem, que nos abram os olhos, que nos mostrem do que somos capazes. O que nos acontece não é porque queremos mas porque merecemos.

 

 

"Somos como as nuvens, temos de ser atravessados para nos descobrirem." Kahlil Gibran

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 12:38

Sentir

Sexta-feira, 02.12.11

 

 

Sentir é das coisas mais fantásticas e mais assustadoras que possuimos. Todos queremos sentir...

Queremos amar alguém, sofrer por amar alguém, porque sem sentir não nos sentimos humanos.

Quando nos apaixonamos o mundo é muito mais belo, o ceú muito mais azul e o sol muito mais brilhante e amarelo, tudo o que vemos torna-se muito mais belo, compadecemos-nos pela perda do outro, pela felicidade do outro, pelo amor do outro, porque estamos muito mais sensiveis. 

O amor torna-nos muito mais humanos, mais sensiveis, porque apenas ...sentimos.  

Queremos sentir-nos especiais, adoramos quando alguém nos aprecia, se orgulha de nos ter conhecido, nos toca como ninguém nos tinha tocado até então.

O amor começa com quase nada.

Existem pessoas que nunca foram amadas e que têm guardado tudo para amar alguém.

Sentir a felicidade, a vida... apenas sentir sem nos preocupar o que sentimos... 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 23:04





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


CONSULTAS DE TAROT

O Tarot é apenas uma ferramenta que nos ajuda nas diversas áreas da nossa vida. Poderá fazer uma pergunta grátis enviando o seu primeiro e ultimo nome e a data de nascimento através do mail mafavisi@sapo.pt



links

Outros Caminhos

Previsões Tarot



comentários recentes


Posts mais comentados



subscrever feeds