Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Reconquistadas....

Segunda-feira, 03.09.12

Existe uma enorme diferença entre o dizer e o fazer.

As emoções toldam-nos o pensamento, queremos tudo e ao mesmo tempo não queremos nada.

Reconstruir uma vida ou uma relação não é simples, é necessário destruir velhos pensamentos, velhas atitudes, relembrarmo-nos de como era antes, e acima de tudo como é que queremos que seja no "agora".

Reconstruir custa muito, ainda mais quando o fosso entre ambos é escuro e frio, é necessário ter muita paciência e vontade de estar.

É relembrar quem era aquela pessoa quando nos apaixonámos a primeira vez, quando passeámos, quando fomos ao cinema, quando demos o primeiro beijo, quando resolvemos ter filhos, é relembrar que alguém esteve sempre lá para nós, quando chorámos, rimos, perdemos ou ganhámos.

 É tentar dizer que amamos todos os dias e de maneiras diferentes, é tentar surpreender , é tentar sair da rotina porque essa, oh meu deus é a inimiga número um dos relacionamentos.

 

É apenas não nos esquecermos que temos uma missão para a vida...fazer alguém feliz, e se pudermos,  feliz todos os dias.

Reconstruir é dar uma nova hipotese a nós mesmos, de mostrarmos que vale a pena, cada sorriso, cada lágrima e acima de tudo, cada dia, porque a vida é curta e o que vale mesmo a pena é ter a certeza que quando tivermos 70 anos, olharmos para o nosso passado e dizer que fomos amados e compreendidos pela melhor pessoa do mundo, com todos os defeitos e virtudes. 

 

Mas reconstruir só vale a pena quando existe um ingrediente fundamental numa relação.....AMOR! Sem ele...nunca poderemos ser reconquistadas!

 

O mais importante é Nunca Desistir....é como correr, mesmo quando nos sentimos exaustos ainda é possivel correr mais 5 minutos.

 

"Não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros."

Confúcio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 20:34

Erros...

Sábado, 17.12.11

 

Dizem que os olhos são o espelho da alma, podemos estar sorridentes, mas se olharmos nos olhos podemos ver que a tristeza na alma.

Na maioria das vezes escondemos a tristeza, não queremos que vejam que sofremos, por orgulho ou porque nao queremos chatear ninguém com os nossos problemas. 

Dizem que sofrer nos faz crescer, evoluir enquanto seres humanos, e então damos valor ao que perdemos, ao que ganhámos. E depois vem a força, aquela sensação de poder interior, superámos mais um obstáculo, a partir daquela altura superamos qualquer adversidade porque somos capazes, ficamos gratos por ter ultrapassado e normalmente dizemos que ainda bem que passei por aquilo, tinha mesmo que ser. 

Lambemos as feridas, e renasce uma nova pele, uma camada mais espessa impermeável e confessamos: "Eu sei pelo que estás a passar...aconteceu comigo". E partilhamos.

 

Dentro de nós existem muitos "nós", vamos descobrindo ao longo do tempo que é curto, todas as pessoas que coabitam no frágil corpo que possuimos, tantas personagens, guardando-as para mais tarde as utilizarmos ajudando alguém ou em forma de aviso caso passemos por algo parecido, ficamos alerta, ficamos mais exigentes connosco e com os outros e não faz mal se o erro é cometido várias vezes, cada um tem o seu tempo para aprender.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 14:32





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


CONSULTAS DE TAROT

O Tarot é apenas uma ferramenta que nos ajuda nas diversas áreas da nossa vida. Poderá fazer uma pergunta grátis enviando o seu primeiro e ultimo nome e a data de nascimento através do mail mafavisi@sapo.pt



links

Outros Caminhos

Previsões Tarot



comentários recentes




subscrever feeds