Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Livre Arbítrio...

Sábado, 21.01.12

Um dia destes em conversa com um Amigo, falavamos sobre Destino e Livre Arbitrio, será que nao temos escolha e tudo está traçado desde que nascemos? 

É um tema difícil de falar, porque as pessoas são levadas a pensar que controlam o seu caminho pelas escolhas, pelo que pensam que está certo, escolhem casar quando querem, ter filhos quando querem e escolhem a sua vida profissional quando encontram o que querem fazer.

Mas fico a pensar...a maioria das crianças não sabem o que querem seguir quando têm de escolher área de estudo, ciências, letras, não sabem. Apenas sabem que não gostam de Matemática ou Línguas, e escolhem o que têm mais facilidade em aprender e claro porque gostam mais, mas ainda não descobriram o que querem ser quando forem "grandes". Embora algumas já escolheram há muito a sua história profissional,  muitas vezes desde tenra idade e normalmente seguem o caminho dos progenitores.

Mas, não será que todos os miúdos ou na sua maioria, "se deixam ir" á deriva sem saber o que lhes reserva no futuro? E muitas vezes mudam de área de estudo na universidade porque "descobrem" que aquela área não lhes diz nada, e acabam por seguir rumos muitas vezes impensáveis profissionalmente?

 

Eu acredito que temos o destino traçado mas, o caminho, a história, teremos que ser nós a contá-la, a escrevê-la para que acreditemos que temos o controlo das nossas acções, para que acreditemos que somos capazes e assim passar as nossas experiências aos que vêm atrás, aos que irão construir outra história com base naquela que os mais antigos, a geração anterior preparou, bem ou mal, para os mais novos a melhorarem... ou não.

 

 

"Muitas vezes encontramos o nosso destino por caminhos que enveredamos para o evitar." (Jean de La Fontaine)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 11:51


2 comentários

De Pedro Menezes a 21.01.2012 às 22:39

Eu fui um desses miúdos que se deixou ir pela área de estudo que lhe parecia a menos má, não a pela qual eu tinha uma paixão. Escolhi artes e se bem que o que aprendi até ao 12º ano me foi útil, depois veio a Universidade e tudo se alterou, fui parar a outro ramo totalmente diferente...

Mas regressando ao tópico, costumo dizer que o destino na nossa vida é como uma viagem de Lisboa até ao Porto. Podemos ir pela A1 e falar com o portageiro/a, mas também podemos ir pela nacional 1. Ou ir pelo interior de Portugal. Ou até ir dar uma volta ao Alentejo e só depois subir até ao Porto. Tudo é válido para chegar ao destino, apenas podemos demorar mais ou menos, gastar menos combustível ou menos. O caminho mais rápido será ir pela A1, mas temos de deixar uma nota de €€€ junto com o portageiro/a, tudo tem o seu preço... :-)

De Maria Manuel Costa Silva de Nunes a 04.03.2012 às 00:31

Gostei de ler e concordo, interessante o seu ultimo paragrafo...deixo esta mensagem que poderá de alguma forma conectar-se ao Livre Arbítrio de que fala.

"A nossa vida é uma constante viagem, do nascimento até à morte. A paisagem muda, as pessoas mudam, as necessidades transformam-se, mas o comboio avança. A vida é o comboio, não a estação do comboio" Aleph

Parabéns plo Blogue

Maria

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


CONSULTAS DE TAROT

O Tarot é apenas uma ferramenta que nos ajuda nas diversas áreas da nossa vida. Poderá fazer uma pergunta grátis enviando o seu primeiro e ultimo nome e a data de nascimento através do mail mafavisi@sapo.pt



links

Outros Caminhos

Previsões Tarot



comentários recentes