Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O que te faz falta...

Domingo, 29.04.12

Faço muitas vezes esta pergunta não só a mim como a outros e as respostas são muito semelhantes.

As pessoas sentem falta de amor, companheirismo, de rir, conviver, porque são necessidades do ser humano que não se compram apenas se desejam.

Em conversa com um amigo fiquei comovida com a resposta que me deu, talvez porque os homens não verbalizam sentimentos profundos, talvez porque sempre que o fazem fico a pensar o porquê de mo dizerem. Talvez porque eu me dou ao trabalho de perguntar.

Cada vez mais acredito que não há diálogo, não há interesse em melhorar, em ser uma pessoa melhor para o outro.

 

Ele respondeu -"Sinto falta do romantismo, de jantar á luz das velas, de oferecer flores, de passear na praia, das mãos frias, dos abraços, do beijo seguido do frio na espinha"


As pessoas sentem falta de se sentirem vivas, de se sentirem desejadas, do toque das mãos, de saber que mesmo que o mundo esteja a desabar alguém nos diz que tudo vai correr bem.

 

As pessoas que têm um companheiro/a e que são felizes têm pressa de chegar a casa, têm vontade de ir ao encontro da pessoa que mais os conhece,  ir para o quentinho, para o carinho, para o lugar doce.

 

Hoje, os relacionamentos são frios e distantes, falta o contacto fisico, fazer amor com paixão. É necessário ter imaginação para sair da rotina, as pessoas esqueceram-se da razão de estarem juntos. Devíamos trocar a pergunta - "Amas-me?" pela "Porque me amas?"

 

Faz-me falta o abraço, faz-me falta os beijos longos onde me quero perder, faz-me falta o encantamento, a surpresa, o fazer alguém feliz, faz-me falta fazerem-me feliz, ter com quem falar sobre tudo e sobre nada, os passeios na praia, a cumplicidade do olhar, o esperar alguém, o esperarem por mim...faz-me falta preocupar-me com alguém.

 

Do que nos servem acumular emoções sem ter com quem as partilhar?

 

 

"A vida não é medida por sua respiração, mas por seus momentos de tirar o fôlego."


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por caminhosdaalma às 15:22


3 comentários

De caminhosdaalma a 29.04.2012 às 17:07

O não fazer perguntas permite não nos melindrarmos com as respostas. As vezes preferimos nem saber, porque dói porque não queremos mudar e é difícil , e porque temos de falar e a maioria não quer sequer falar para não ter que mentir. O começo de tudo é o amor, o construir, o ser feliz, no meio já nem nos lembramos porque começamos, e quase no fim...já nem queremos saber. Uma pena. Beijinho Fátima

De Planeta XXI a 29.04.2012 às 17:25

É curioso que depois de ter publicado a resposta que dei, pensei exatamente isso: as pessoas não questionam, porque simplesmente têm medo da resposta; perferem viver na ilusão, do que aterrarem com toda a força no cru da realidade. A verdade queima e é ácida; ninguém quer a verdade. Eu ainda assim, acho que na maioria das vezes, perfiro. Beijinho.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


CONSULTAS DE TAROT

O Tarot é apenas uma ferramenta que nos ajuda nas diversas áreas da nossa vida. Poderá fazer uma pergunta grátis enviando o seu primeiro e ultimo nome e a data de nascimento através do mail mafavisi@sapo.pt



links

Outros Caminhos

Previsões Tarot



comentários recentes